Estilo de Decoração Clássica

Muitos são os estilos e tendências que tornam o Design de Interiores tão rico e vasto, proporcionando a realização dos mais inesperados projetos de interiores. Vivemos um tempo de grande valorização da área. Conceitos surgem sempre que necessitamos obter soluções para realizar os mais variados gostos dos clientes e, diante de tantas expectativas sobre os materiais e tendências que se renovam a cada ano, novos estilos sempre nascerão. Todas essas manifestações de conceitos tão variados remetem-nos a entender o real valor do Estilo Clássico, um estilo que é atemporal e que possui nobreza, conforto, funcionalidade, beleza, elegância e requinte, atributos tão almejados por todos os estilos.
O verdadeiro Estilo Clássico, algumas vezes confundido com o Estilo Rococó, iniciou na Antiguidade Clássica Greco-Romana, resistiu ao tempo, influenciou o movimento renascentista europeu no início da Idade Moderna, e, teve seu ápice por toda a Europa em meados do século XVIII até meados do século XIX, por meio do movimento cultural Neoclassicismo, que teve suas bases no Iluminismo e no interesse pela cultura da Antiguidade Clássica, defendendo princípios de moderação e equilíbrio, reagindo contra os exageros decorativistas e dramáticos do Barroco e do Rococó.
Por ser um estilo mais depurado, ao contrário do Rococó, que é mais rebuscado, as suas linhas são mais suaves e as curvas simétricas. Assim dão sobriedade na decoração. Os contornos são exatos e há harmonia no colorido, sem perder a expressão de suntuosidade e nobreza.
Essas características marcantes tornam o Estilo Clássico sempre atual, em quase todos os tipos de ambientes. As cores predominantes são azul-marinho, verde-esmeralda, bordô e preto que, combinados com composições douradas ou prateadas, cor de ferrugem e cor-de-rosa bebê, transmitem a leveza necessária para o estilo. Trazem para o contexto dos dias atuais as diversas tonalidades de castanho, tons bege, cru e branco que também fazem parte da paleta de cores do estilo, proporcionando muita sofisticação e requinte ao ambiente. Os materiais são nobres e os mobiliários antigos de qualidade.

ImagemImagem: http://marcoscesarinteriores.com.br/wp-content/uploads/2008/07/decoracao-classica-casa-2.jpg

A novidade hoje são as réplicas, mas é sempre bom lembrar de que o original é o mais valorizado. Lustres de cristal, abajures entalhados, tapeçaria rica em detalhes, cortinas mais rebuscadas em seda, veludo ou brocado, obras de arte como quadros e esculturas, peças em cristais e porcelana, ornamentadas em prata ou douradas, espelhos com molduras imponentes completam com muito charme a decoração.

ImagemImagem: http://marcoscesarinteriores.com.br/wp-content/uploads/2008/07/decoracao-classica-casa-1.jpg

O bom gosto e a tradição definem bem esse estilo. Um projeto no Estilo Clássico quando bem elaborado agrada praticamente a todos. Elegante e rico em detalhes sempre nos indicarão o caminho equilibrado e harmônico que o design e a decoração de interiores devem seguir, avançando para os tempos modernos, mas sempre valorizando o lado humano das coisas.

Por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores – Design.in (Texto extraído da Revista Élégant para a coluna Decoração – ano 2010 pág.33)

Fonte: http://interioresdesignin.wordpress.com/2010/10/07/revista-elegant-grupo-beto-ferreira-a-decoracao-no-estilo-classico/

Atualmente é possível encontrar o estilo clássico mesclado com o moderno e o contemporâneo criando o estilo clássico moderno ou contemporâneo de decoração. Abaixo ficam algumas imagens de ambientes deste tipo:

ImagemImagem: http://marcoscesarinteriores.com.br/wp-content/uploads/2008/07/Estilo-Classico-moderno-1.jpeg

Imagem

Imagem: http://marcoscesarinteriores.com.br/wp-content/uploads/2008/07/Estilo-Classico-moderno-2.jpeg

Imagem

Imagem: http://marcoscesarinteriores.com.br/wp-content/uploads/2008/07/Estilo-classico-moderno-5.jpg